A Importância do Templo e do Sinédrio Para os Judeus

Tempo de leitura: 3 min

Escrito por Mestre João Henrique

Baixar Agora Grátis

Ebook 7 Dicas de Como Pregar Um Sermão!! (O Guia do Iniciante)


👉CLIQUE AQUI Acesse este link para entrar no meu grupo de Estudos Bíblicos no WhatsApp

O templo ou tabernáculo era parte do ritual do povo judeu no periodo que conhecemos como deserto ou saida do povo do Egito. O periodo do templo começa a ser marcado como de suma importância na vida do povo de Israel ou dos judeus a partir da entrega da ordenança dada Moisés de contruir um templo (tabernáculo) no deserto para Deus fosse adorado.

O Senhor Deus determina que povo pudesse adorar e invocar o seu nome através não só de ordenanças feitas através da Lei, como também que pudesse através da obediência de mandamentos para purificação como morte animais ou cordeiros para sacrificios para que seus pecados fossem perdoados e aceitos na presença de Deus.

Durante muito tempo os judeus passaram a ser aceitos na presença de Deus através de sacrificios diários realizados no periodo da manhã e tarde (a saber nos horários de 9 horas da manhã e 15 horas da tarde) estas eram as principais horas de sacríficios. Sem estes sacrifícios que eram recebidos a porta do templo os pecados do povo não poderiam ser expiados ou perdoados.

A Festa Mais Importante do Ano

O templo era tão importante para povo que existia um dia, no sétimo mês bílbico (10° de Tshirei) em que o Sumo Sacerdote entrava uma vez por ano para fazer expiação pelos pecados de toda a nação de Israel.

O templo era dividido em 3 partes super importantes chamadas de: Atrio (parte exterior do templo, santo lugar e santo dos santos (também chamada de propiciatório, onde também se encontrava a Arca, a qual Deus mandou construir) para que viesse encontrar com o Sumo Sacerdote no sétimo mês bíblico na festa que expiava os pecados da nação, que era chamada festa de Yom Kippur (Dia da Expiação ou Dia do Perdão).

Este lugar, o “santos dos santos” também era o local que o sumo sacerdote só poderia entrar neste dia, este dia é citado nos evangelhos como dia que o pai de João Batista Zacararias entrou para fazer o sacrificio pelo povo e ficou em silêncio lá dentro por um tempo, e povo la fora pensou que havia morrido por estar em pecado, mas na verdade estava tendo uma visão do anjo que dizia que ele iria ter um filho.

A Importância do Sinédrio na Vida dos Judeus

Entrar no tempo era algo de importância extrema para o povo neste dia e o sumo sacerdote não poderia estar em pecado.

Se acontecesse dele estar em pecado, e as campainhas não fizessem barulho de culto sendo aceito por Deus, ele poderia ser puxado para fora pelo cordão que o amarrava, para casos como este em que o Sumo Sacerdote estivesse em pecado. Então o puxavam para fora do templo, porque ninguém poderia entrar no “santos dos santos” se não fosse sacerdote da linhagem de Arão, o primeiro sumo sacerdote instituido por Deus através de Moisés.

A Importância do Sinédrio na Vida dos Judeus

Bem-aventurado o povo que conhece os vivas de júbilo, que anda, ó SENHOR, na luz da tua presença. (Salmos 89:15). O povo ficava ansioso do lado de fora com o ouvidos atentos para ouvir os vivas de jubilo, que eram as campainhas nas orlas das vestes do sacerdote. Ao ouvir estas campainhas o povo jubilava, cantava e gritava de alegria, porque o culto do sacerdote estava sendo aceito.

Durante milênios o templo foi utilizado pelos judeus para oferecerem culto a Deus, somente após o periodo que conhecemos como destruição do templo no ano 70 d.C. predita Jesus não vemos mais um lugar como o templo antigo dos judeus onde ofereciam sacrificios e ofertas pacificas pelo pecado.

Durante os séculos que se seguiram o povo judeu foi espalhado pelas nações, ficando sem templo e lugar de adoração. Com o passar dos anos o Sinedrio como conhecemos foi ganhando importância religiosa tendo em vista que não se tinha mais templo para os judeus adorarem.

A Autoridade do Sinédrio

A autoridade o Sinédrio fora sendo aceita como o lugar onde poderiam orar, ler a Torah e resolver questões referentes ao povo judeu, ganhando assim importância histórica e cultural na vida religiosa do povo de Israel. Até hoje os judeus apesar de não terem templo ainda entendem a importância da reconstrução do templo onde o Deus de Israel possa ser adorado conforme a Torah os ensina e é desejo da maioria dos mestres (rabinos) que este templo conforme as prescrições de Moisés seja restaurado para que voltem a se reconciliar e se aproximar do Deus de Israel.

Nada até os dias é tão importante para os judeus quanto o templo e o Sinédrio, até mesmo para aqueles que reconhecem Jesus como o Messias de Israel. O templo é tão importante na história de Israel que existem promessas de restauração do templo em um reino milenar.

Quer  Aprender 7 Dicas Grátis Sobre Como Pregar Um Sermão?

Clique No Botão Abaixo Para Baixar Agora.

SIM, Quero Aprender >>>
100% livre de spam.

Você Poderá gostar também:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário


*


*


Seja o primeiro a comentar!

Baixar Agora Grátis

Ebook 7 Dicas de Como Pregar Um Sermão!! (O Guia do Iniciante)